17.4.04

Acordar

Quando acordava, tinha Lisboa não aos pés, mas atrás: e pela frente só via o Tejo e o sol no Tejo.