7.5.04

Auto-estrada

De repente, ela pedia-lhe: "Pára". E ele parava, numa área de repouso. Era ela que lhe fazia amor, e depois dizia "Desculpa, precisava de ti".

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.