7.10.05

Devoção, too

O Digitalis é, sempre foi, um dos meus blogs favoritos. Mas o magnífico post - ou melhor, posts que a Helena faz sobre a Selma Lagerlöf (outra das minhas escritoras favoritas) merece uma devoção para lá de tudo. Dela retenho um magnífico conto no qual uma jovem, seduzida e abandonada por um ricaço da aldeia, o continua a amar. O caso, por uma razão que não recordo (uma criança, provavelmente), vai a tribunal - e a jovem, ao ver que o homem se prepara para mentir, retira a queixa: queria impedi-lo de cometer um pecado, outro pecado.

Um amor assim é doentio, claro, e provavelmente insuportável. Mas não deixa de ser bonito.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.