8.11.07

Stock

Já não há amor para ninguém. Gastaste-me o stock todo, esvaziaste-me a alma, e o coração.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.