26.5.08

Incompreensão

Num post abaixo faço uma lista das coisas de que não gosto (a pedido). Não incluí a ordinarice, a vulgaridade: aprendi a lidar com elas muito cedo, e se bem não goste (quem gosta?), suporto-as, mais ou menos - apesar de muitas vezes ficar confrangido. O que não consigo de todo perceber é a aliança de pessoas educadas e bem formadas com a mais rasca das ordinarices.

É sinal de muita classe, ou de uma fina camada, só?

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.