18.8.08

"O tempo passou"

Uma das muitas coisas que as mulheres têm muito melhor do que nós, homens, é a capacidade de cortar definitivamente com o tempo. "O tempo passou" - como se o tempo fosse uma salsicha que se corta, se põe numa frigideira e ooops, desapareceu como a perna de borrego do conto do Roal Dahl.

O tempo não se corta, não se parte aos bocados, não vai ao forno; aquilo que em vós amámos continua, hoje e sempre. Nós amamos o tempo e as virtudes do tempo, o que nele se pereniza e torna suportável.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.