11.1.09

Confusão

Uma coisa que não deixa de ser irritante na administração pública portuguesa é que trata o sector privado como se fôssemos uma corja de malandros. E não somos; antes pelo contrário: é mais fácil encontrar corruptos, inúteis, parasitas nos organismos que nos envenenam a vida com burocracias alucinantes.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.