18.1.09

Palavras

Era um homem de poucas palavras: passara uma vida inteira e metade doutra a tentar reduzi-las ao mínimo indispensável.

6 comentários:

  1. Eu aprecio muitíssimo o poder de síntese :-)

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente parece-me que o sucesso está do lado dos que sabem "falazar"...

    ResponderEliminar
  3. A sério?
    Hum... olhe que não, olhe que não ;-)

    ResponderEliminar
  4. Obrigado pelo encorajamento, Fugidia. Continuarei então na minha linha :-)

    ResponderEliminar
  5. Vanda18:23

    E depois ficou mudo e passou a comunicar através da linguagem gestual. É um auto-retrato??? V.

    ResponderEliminar
  6. Cara V., esta busca de "silêncio" aplica-se a todas as formas de comunicação; gestual incluída.

    ResponderEliminar

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.