8.4.09

Palavras

Pensamos que nos obedecem, as palavras, essas cabras; mas assim que podem fogem-nos e nunca mais lhes pomos a vista em cima, nem as mãos.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.