15.12.09

Frio

O frio trespassa-me o corpo e a alma, como flechas afiadas, ou espinhos, se preferires. E com ele vêm as misérias todas: não sabe andar sozinho.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.