8.1.10

As melhores chamuças de Lisboa

É muito difícil ter a certeza do que quer que seja - veja-se a Marilyn Monroe, coitada, que morreu tão cedo; ou o sol, que durante tantos anos toda a gente pensava andar à volta da terra e de repente lá veio um tipo dizer que não, afinal é a terra que anda à volta dele. Ter a certeza do que quer que seja é na melhor das hipóteses uma perda de tempo, e na pior perigoso, mortalmente perigoso.

Por isso fui duas vezes à Ali Kebab House, na Rua dos Fanqueiros, provar as chamuças que Lourenço Viegas diz serem as melhores de Lisboa. E um dia irei também ao India Gate, por causa deste artigo no i.

Mas é claro que vou ao India Gate com uma dúvida: serão aquelas chamuças melhores do que as do restaurante Haweli, na Graça? Ou as da D. Mónica no Club Sportivo de Pedrouços, em Belém? Ou do que as do quiosque "Os Primos", na extremidade nascente da Doca do Espanhol? Não tenho a certeza.

Mas de uma coisa tenho: é que nenhuma destas chamuças chega sequer ao calcanhar das que eu comia em Quelimane, e até já uma vez fiz cá em Lisboa, mas só uma vez, porque o trabalho que aquilo dá é mortal, como as certezas. Mas se um dia encontrar a receita disponibolizo-a, lá isso garanto.

4 comentários:

  1. Gosto imenso de chamuças, Luís (do petisco e do nome dele), e vou já tomar nota desses estaminés tão bem referenciados. :-)

    ResponderEliminar
  2. olá, de chamuças acho que percebo eu, eu faço-as e vendo-as, de qualquer forma, as pessoas que as comem são unânimes e sem rodeios dizem nunca comeram melhor. Modéstia a parte estou disponível para vos apresentar as melhores do país. acho eu....

    ResponderEliminar
  3. Meu caro Américo, vamos à prova!

    ResponderEliminar
  4. Americo09:44

    Meu amigo, as de Quelimane podem ser como estas, estas têm um toque a marrumeu - fóz do zambeze. quando passar por Leiria é só comunicar. cá estarão umas bem quentinhas..

    ResponderEliminar

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.