16.3.10

Uma má notícia

Afinal, o TC acha que o contrato está bem feito. Parece uma brincadeira de mau gosto - se aquilo é um bom contrato, eu não sei o que é um mau.

Mas o ponto principal pelo qual nos devemos bater é que se deve fazer um estudo comparativo e abrangente sobre a utilização a dar àquela área. O contrato era um aspecto secundário. Se bem ainda esteja sem ar e sem palavras.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.