24.12.10

Mais do mesmo

É desesperante ler a imprensa portuguesa. Não há a mais pequena impressão de que o país se prepara para qualquer coisa de diferente. Mais do mesmo. Nem debaixo de uma tempestade, com rochas pela proa os portugueses acham que se deve mudar de rumo.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.