25.4.11

Livro de bordos - 22 (notas)

Hoje passei de novo pelos Deux Pitons, não de madrugada mas de manhã muito cedo. O sol já não estava atrás deles: ia ligeiramente acima.  A camada de nuvens estava lá e o Grand Piton destacava-se, massa escura rodeada pelos raios de sol que conseguiram trespassar as nuvens, e pareciam escorregar por aquelas íngremes encostas como uma avalanche de luz, imóvel.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.