25.6.11

Uma galinha gorda de Antibes - Poulet Antiboise

Não é uma, claro; são três. E não são galinhas (ou um frango), são mulheres. E não é uma receita, é um livro. Mas fica: vi-a hoje mesmo no FT, que continua a ser o melhor jornal do mundo depois do Economist e resolvi experimentá-la.

O frango não está pronto ainda, mas promete. Aqui vai (com quantidades):

Poulet Antiboise

1 Frango
1 kg de cebolas
150 l de azeite
Piripiri
20 azeitonas pretas
Uns ramos de tomilho

Descascar as cebolas e cortá-las em rodelas. Colocá-las num prato de ir ao forno profundo com o azeite, sal e o piripiri. Por cima da cebola pôr o frango temperado com sal e pimenta. Tapar o recipiente e levá-lo ao forno a 170º durante hora e meia. As cebolas não devem ficar castanhas, mas tornar-se gradualmente quase um puré. Ir acrescentando azeite se necessário.

Quando o frango estiver tenro cortá-lo aos bocados; coar o excesso de azeite das cebolas. Colocá-las no prato de servir com o frango por cima, espalhar as azeitonas e um ramo de tomilho.

Parece delicioso, e cheira muito bem.

(Ah, e a tradução foi feita por mim e levou alguns cortes. E o frango levou um bocadinho de salva, que fica sempre bem com galináceos; e alecrim, que vai bem com tudo.)

Adenda: entretanto fui à procura na net e encontrei esta receita, fundamentalmente diferente. Uma maçada, é o que é, porque vou ter de a experimentar também.