24.7.12

Viver acima das possibilidades

Começa a circular por aí a ideia de que os portugueses afinal não viviam acima das possibilidades; quem vivia era a política portuguesa. Não é bem verdade: pelo menos desde 1975 que os portugueses votam nos políticos, e consequentemente nas políticas. Desde Cavaco Silva, que inventou o "monstro" (cheio de boas intenções: pensava que assim atraíria os melhores para a função pública. Infelizmente esqueceu-se da segunda parte, a possibilidade de pôr os piores na rua), e começou a cobrir o país de auto-estradas em vez de reformar seriamente a legislação (pensou que a Europa se ocuparia disso. Ocupou realmente - mas um pouco tarde e com os efeitos que se estão a ver) a Sócrates, cujos múltiplos desvarios não o impediram de também ser reeleito, que os portugueses votam em quem os faz viver acima das suas possibilidades. Apesar de continuarem tesos e de terem que emigrar se querem ganhar a sua vida.