23.11.12

Paradoxo

Amar alguém é amar-lhe os defeitos. Quanto maiores ou mais detestáveis estes forem maior o amor.