29.1.13

Adstringência

Gosto da adstringência nos vinhos e nas pessoas. Não gosto de pessoas redondas, sem ponta por onde se lhes pegue, como os vinhos alentejanos. Gosto de pessoas com feitio, que em Portugal qualificamos, invariável e erradamente, de mau; a adstringência está para os homens, e para os vinhos, como o mamilo para o seio.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.