29.1.13

Amo-te, liberdade

Digo amo-te e vejo à minha frente o sol poente, a lua cheia, o teu sorriso inteiro como o vento que não vejo, mas sinto. Digo amo-te e amo-te como amo a vida, a liberdade, o vento que não vejo.

Digo amo-te e a liberdade responde-me "e eu a ti".