6.4.13

"Todo o homem é uma guerra civil"*

É espantoso como a maldade e a bondade podem coabitar nas pessoas; ou o amor e o ódio, a tristeza e a alegria, o alívio e a frustração, a esperança e o desespero.

(* - Título de um livro de Jean Lartéguy "Tout homme est une guerre civile")