11.6.13

Longevidade, insucessso

Uma relação que acaba não é forçosamente um falhanço, tal como muitas que continuam estão longe de ser um sucesso.

Uma relação (o que eu começo a detestar esta palavra não tem descrição. Não tarda substituo-a definitivamente por casamento) pode acabar porque evoluiu em amizade, por exemplo; ou em indiferença (mas não em ódio. O ódio de duas pessoas que se amaram é sujo, pouco claro, e os ódios devem ser límpidos).

O que faz de um casamento um falhanço é na sua origem estar um equívoco, e esse equívoco não ser detectado a tempo.

Ou muitos - quantos mais, maior será o falhanço. E mais merecido, mais justo.