30.9.13

Jantar improvisado - Arroz de frango à dia de anos

Aqui onde estou só faço anos amanhã: no nome desta receita há uma ligeira assincronia. Aceitável: recebi os primeiros parabéns quando estava a começá-la.

Estamos a viver - finalmente - no HELENA S. Tudo é novo, excepto alguns perecíveis que trouxemos do Artie. E alguns desses perecíveis estavam quase mesmo perecidos, pelo que urgia cozinhá-los  (detesto deitar comida fora, é mais forte do que eu).

Em Bocas comprara dois bocados de frango que pus inteiros na panela a fritar em azeite. Depois juntei os perecíveis quase perecidos: pimentos, cenouras,  louro, alho e por fim muito no fim tomate.

Juntei as especiarias: cominhos e coentros moídos, garam masala, orégãos, paprika, muita pimenta, sumo de lima. Pouco depois foi a vez da água e do sal. Um bom bocado depois dei-lhe o arroz, deixei cozer metade em lume metade em auto-cozedura (sou pela auto-gestão) e por incrível que pareça estava óptimo.

Um dia farei um prato ao qual chamarei "... à Helena S.", mas terá de ser uma coisa mais sofisticada, mais bonita, mais elegante, como a Helena S. ela mesma.