20.11.13

Serviço público - Hotéis em Barcelona

Para os meus amigos pobres (mas não  miseráveis), ou ricos e poupados, ou ricos curiosos de saber como vivem os pobres (mas não miseráveis): a Casa Valência é o melhor sítio onde jamais fiquei, do ponto de vista do valor pelo dinheiro, value for money, bang for the buck.

Os quartos mais baratos custam vinte euros por noite (mais uma taxa de turismo de setenta e dois cêntimos); sobem creio que até aos vinte e oito, ou coisa que o valha. O preço inclui pequeno almoço.

O acolhimento é extremamente simpático, os quartos limpos, tal como as casas de banho e a cozinha (isto é um self-catering, para quem quiser poupar ainda mais). Fica perto do centro - eu vou a pé e em dez ou quinze minutos estou na Ciutat Vella - e das estações de metro e de comboio.

É preciso precisar que não é um hotel no sentido habitual do termo: são apartamentos espalhados por vários prédios do bairro de Eixample. Vai-se a um escritório buscar as chaves e pagar e eles (o John ou a Sara) explicam muito bem explicado onde estão os quartos e como lá chegar e tudo aquilo de que se pode necessitar.


(Mais uma indicação de T., a quem estou infinitamente grato.)