5.5.14

Diário de Bordos - Shelter Bay Marina, Panamá, 04-05-2014

Hoje comprei o bilhete para Lisboa e vendi o dinghy que o S. me deu. Por esta ordem. Vender é um bocado exagerado, mas só fiquei cinquenta dólares abaixo do meu absoluto mínimo; e consegui um posto de patrocinador da Nike. É importante. Nunca fui um bom vendedor, não é agora que vou aprender. Mas tenho jeito para patrocinador. Mais vale fazer aquilo que se faz bem.

Ou seja, com estes dias de trabalho consegui pagar o bilhete, comprar um tablet chinês barato, viver, passar um agradabilíssimo fim-de-semana em Panamá, comer no restaurante da marina várias vezes (um sacrifício; fi-lo para deixar algum espaço à Nike e ao T.) e beber demasiada cerveja.

Sobretudo demasiada ceveja. Podia ter a nacionalidade alemã por via honorífica. A cerveja é uma bebida utilitária. Bebe-se porque e quando se tem sede, não por prazer. Porém em Shelter Bay bebi mais cerveja em três semanas do que no ano que passou desde que cheguei ao Panamá.

Vinho. Quero vinho. Tinto, branco, rosé, espumante, de vinhas velhas, novas ou adolescentes, de colheitas precoces ou tardias - seja o que for, mas vinho -.

........
Dia doze embarco num avião, treze estou em Lisboa. Faltam oito dias. Chego novo, leve, limpo, lavado de um ano abominável.

........
Eleições presidenciais no Panamá. Ganhou Varela, vice-presidente há anos às turras com o presidente. Cheira-me que vai tudo continuar a mesma. Isto é: numa ligeiríssima curva descendente, apesar dos números dizerem o contrário.

É pena. Não gosto do país, mas gosto do ligeiro cheiro a anarquia que aqui se respira. Martinelli, o anterior presidente, era um populista demagogo que encheu o país de obras e para as pagar teve de esquecer a promessa eleitoral de instituir uma fiscalidade flat rate de dez por cento. Ao contrário, aumentou os impostos (onde é que eu já vi isto?)

É megalómano, pôs a mulher como vice-presidente do candidato que escolheu - o ministro da Habitação, para ficar tudo em casa -. Perdeu. Os panamianos podem ser calados, mal-educados e calões; estúpidos aparentemente não são.

........
Terça-feira atravesso o Canal como line handler. Vou finalmente ter tempo para o ver como deve ser. Depois talvez fique em Panamá, talvez vá para outro sítio. Não sei. Um pequeno compasso de espera vai ser bom, fique onde ficar.