27.5.14

Palavras, para que vos quero

Há uma incapacidade generalizada de lidar com as palavras. A única real, importante diferença entre comunistas e fascistas, nazis e outras direitas extremas é aquilo que dizem. Não é o que fazem nem muito menos o que pensam. Detestam-se uns e aceitam-se outros por causa dos respectivos discursos.

Quem disse Human beings can not bear too much reality podia ter dito Human beings can not bear too much words.


Adenda: Foi o Eliot e não é Human beings. É Human kind.