22.7.14

Dizer, tocar

Nada me digas que não tenhas na pele e nas mãos; nada que eu tenha de ouvir e não possa tocar.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.