5.7.14

Ideia

À partida a ideia era simples, conhecida, pouco original:
tu amavas-me e eu amava-te,
Desde sempre, para sempre.
Seríamos felizes, nunca nos separaríamos,
Aos domingos iríamos ao cinema e antes de adormecer
Conversaríamos sobre nós.

Nada disto aconteceu, claro. Entre as pessoas e os planos
há a vida - ou metade, como dizia o outro.
Os próprios planos são uma farsa
porque são feitos por farsantes que acreditam
no amor, em para sempre desde sempre
em coisas que só são verdade na cabeça de quem as sonha quando as sonha.

Uma ideia com milhares de anos de existência e de prática não devia falhar, pois não?

Talvez não seja uma boa ideia.
Ou não seja velha.

Talvez seja uma ideia sempre nova.
Cada vez que alguém ama
É a primeira vez que ama e
Pela primeira vez pensa
Que vai amar alguém para sempre,
Desde sempre.