31.8.14

Surdez, espírito

São quase duas da manhã e a ideia de fazer uma ode ao silêncio atravessa-me o espírito.

Mas o silêncio não existe e o espírito muito menos. O silêncio é ensurdecedor. Todos os dias, todas as horas minutos e segundos o oiço.

Espírito não tenho, felizmente: se tivesse seria surdo.