28.10.15

Sou, fui, serei

Já tive uma namorada; e uma mulher; e uma amiga. Já vivi, morri, ressuscitei, Fiz tudo e o seu contrário (o contrário de tudo é tudo). Não me posso queixar e não me queixaria mesmo que pudesse. Já tive dinheiro e já não tive e quanto mais tinha mais queria e quanto menos menos, como toda a gente. Ri, chorei, sofri, amei e fui - imagine-se - amado, sofrido, rido e chorado. Falei, falaram-me, falhei, acertei, ouvi, vi, perdi, ganhei. Há poucos verbos no léxico que não possa conjugar e adjectivo nenhum que não se me cole à pele. Bebi e fui bebido, fumei e fui fumado, matei morri fui morto escrevi e fui escrito nos ossos, na carne, na pele e no sangue. Fiz, fui feito e desfeito e refeito e refiz-me, sempre, dia a dia hora a hora minuto a minuto. Sou vento sol lua mar e núvens, redondo e quadrado, linear e circular e espiral e linha recta, sólido e fluido, Sou corpo e corpos, pele e peles, olhar e olhares, mãos e mãos. Sou o que sou, fui e serei. Verbo, substantivo, adjectivo, advérbio, preposição e artigo: não há palavra que não tenha sido.

Ou serei: ainda não fui.