17.12.15

Diário de Bordos - Simpson Bay Marina, Sint Maarten, Antilhas Holandesas, 16-12-2015

Preparado ou não, maré baixa é maré baixa. Oiço Cohen deitado no cockpit enquanto fumo um cigarro e me arrependo de não ter comprado um bocadinho de rum no chinês.

Ainda vou a tempo. Cinco minutos de dinghy para lá e cinco para cá.

Custa-me interromper o homem. É um dos raros que sabe pôr no seu lugar os probleminhas de maré.

........
Mais um dia de bom trabalho. Deve ser por dias como este que chamam a isto náutica de recreio. Um gajo não pára um minuto, não tem um tostão e continua a gostar do que faz.

Talvez se devesse substituir de recreio por mágica. Ganharia em poesia e em realismo, dupla desconhecida noutras áreas de actividade.

Não é uma fórmula. Alguém me pode dizer qual a profissão cuja descrição realista inclui a palavra mágica? (Refiro-me naturalmente a profissões sérias).

........
E qual o trabalho que acaba com um trabalhador deitado num cockpit a ouvir Cohen e a hesitar entre ir comprar rum de dinghy ou de bicicleta?

........
Gosto muito de J., a nova tripulante. Mas parece uma compilação de todas as modas modernas. Vegetariana,  vota Podemos - não por ideologia estruturada e refletida; porque sim, porque os "outros são corruptos", "todos" - meio esotérica, etc.

E não é assim tão jovem.

Não percebo e confesso que não me dou ao trabalho de sequer tentar. Não sou sociólogo nem pretendente a confessor.

Basta-me que trabalhe e não faça muitas asneiras. O resto é com ela.

........
Adenda: acabei por ir de dinghy. Era uma falsa questão,  não era?

Era.

O rum não é grande coisa mas custa um dólar e meio a garrafa de cento e setenta e cinco mililitros, mais do que suficiente para o que me resta de tempo acordado a ouvir Cohen e a pensar no que vou fazer amanhã.

Mudar óleo e filtros do motor e do gerador, limpar mastro, vaus e brandais, ir ao lado francês recordar à empresa de sonho que estou disponível por uns dias, acabar de arrumar e limpar o bote, trabalho sisifico s'il en est.

Não vou conseguir fazer isto tudo num dia.

Sorte.