17.12.15

Diário de Bordos - Simpson Bay Marina, Sint Maarten, Antilhas Holandesas, 17-12-2015

Mais uma tarde passada a subir ao mastro e a descer e subir de novo. O S. M. está com tratamento de senhora grande.

Merece-o. É uma grande senhora.

........
Uma vida como um rio? Não. Como muitos rios. Uns largos e tranquilos, outros tortuosos e cheios de quedas.

Muitas vidas. Boas, más, assim assim e nem por isso: uma vida.

........
Não fosse a porra do ombro esquerdo, claro. Uma porra não é uma vida.

........
Queria reduzir a minha exposição ao Lagoonies e falhei redondamente.

Há falhanços tão pouco importantes que são quase felizes.

........
Nunca (pelo menos desde que me lembro) fui muito de natais. Estamos a uma semana do próximo e podia estar a um ano.

A verdade é que este ano foi um bom presente. Basta excluir o triste episódio do W. e tive quase dez meses de presentes de Natal.

Tanto quanto me lembro, pelo menos. Talvez tenham sido menos. Não sei.

Mas devemos aferir as coisas pelo fim, não é?

........
O gajo que está a tocar guitarra e a cantar no Lagoonies parece o Woody Allen de há quarenta anos.

Toca e canta assim assim mas tem uma qualidade imensa: toca baixinho.