4.8.16

Diário de Bordos - Puerto Banús, Andalucia, Espanha, 04-08-2016 / II

Acabei por me vir embora da Taberna del Pintxo. O empregado insistia em oferecer-me os Limoncello e nada me chateia mais do que oferecerem-me coisas quando tenho dinheiro para as pagar. Quando não tenho - o que é muito mais frequente - ninguém me oferece nada.

Pelo menos com tanta vontade e de sorriso tão aberto. Vim ao Sud de France, que não deve ser bem um restaurante. É um cenário para um filme sobre a família, tipo aquela série que tem uma senhora colombiana, ou peruana, ou o que for.

Enfim, a verdade é que fecharam e deixaram-me ficar na mesa. Passo os pormenores. É um lugar que recomendo. Um canto de França num dos piores sítios de Espanha não pode dar errado.

.........
Puerto Banús sendo Puerto Banús encontrei uma loja que vende carregadores de telefone. Que sim, tinham carregadores para o meu telefone. Que sim, quero um se faz favor. Espere: posso só experimentar para ver se não será o telefone que está avariado? Pode, claro. Olhe, o telefone carrega. Óptimo. Já agora se não se importa experimento o meu carregador, só para ter a certeza. Claro, não há problema nenhum. Olhe, também carrega.

.........
Felizmente para norte do Sud de France há um café aberto. Com sorte vendem-me um Bayley's. Vendem, mas não têm troco para a nota que tenho. Não faz mal, paga amanhã. Não posso, vou-me embora muito cedo. Então ofereço-lho.

Talvez esteja na hora de ir para bordo, não? Sim, mas primeiro acabo o Bayley's.

.........
Nota bene: o restaurante chama-se La Salmoneria e fica mesmo ao lado do Sud de France nos Jardines del Puerto. A próxima vez que vier a Puerto Banús vou lá comer, fica a promessa.