5.9.16

Sabonetes humanistas

Alguém vende sabonetes (ou outra coisa qualquer, não me lembro) na net. Uma parte dos lucros vai para ajudar crianças no Quénia.

Não percebo porque escolhem crianças num país africano e não ciclistas no nosso. Eu por exemplo preciso absolutamente de uma bicicleta de cidade (tenho uma de estrada minha e outra de montanha emprestada, mas de cidade até agora nada).

Caros clientes dos sabonetes em questão  (não recordo a marca mas não tarda): por favor canalizem a vossa ajuda para um desgraçado ciclista português dos quatro costados. Com quinhentos sabonetes a ginga é minha. Ou mil, vá.  Não custa nada. Deixem as crianças queniamas para depois. Aquilo no Quénia é um calor desgraçado  (eu sei porquê já lá estive). E a insegurança é tal que não dar para andar de bicicleta na rua.