2.12.16

Diário de Bordos - Riviera Beach Marina, Flórida, EUA, 01-12-2016

Noites complexas. A ideia inicial era sair de bordo com a bicicleta, ir a Singer Island, daí passar a Palm Beach e depois voltar para bordo. Mal saí começou a chover. Pouco, mas a ameaçar muito. Fui a correr à loja de bebidas, comprei quatro miniaturas de rum e refugiei-me no Romana Pizza. Mal entrei começou a chover à séria.

A ideia (parte da inicial) era comer um Tiramisu, mas não havia. Havia Cannoli.

A chuva parou. Fui para Singer Island. Recomeçou a chover. Parei num bar. Aqui a cena do bar precisa de um post separado. Um americano obeso chef numa steakhouse - ou subchefe, precisou depois, quando lhe disse que ia lá visitá-lo u dia destes - cada vez que a polícia o manda parar (acontece parece frequentemente porque tem um Camaro SS, whatever that means) explicou-me que quando lhe pedem a carta de condução entrega-a juntamente com a sua licença de porte de arma escondida. "Eles têm que saber que estou à espera deles"). Isto e muito mais.

Deus sabe que não gosto de governos, mas daí até andar com armas porque "eles" vai um passo. Eles somos nós. Pelo menos nas sociedades democráticas.

........
É um erro andar de bicicleta quando se está grosso, a partir dos cinquenta e nove anos de idade. Ou cinquenta e oito, vá.

.........
Esperar é pior do que morrer. Sei porque já experimentei os dois.

........
Não há uma ponte entre Singer Island e Palm Beach. Ainda bem que choveu.