7.1.17

Amo-te, vida

Dizer "amo-te" hoje, nas condições em que estou não produziria se não um ataque de riso em qualquer miúda decente.

Excepto claro se se chamar vida. É a única que me ouve e vê e não se ri.