10.1.17

Elans

Tadinho acordava todas as manhãs com o coração a transbordar de amor; quanto mais bagaço bebera na véspera mais amor lhe jorrava dos poros todos. "Tenho as ressacas xaroposas", felicitava-se. "Mas agora talvez seja melhor começar a beber whisky, ver se em vez de sair amor entra carcanhol".

O problema sendo que para se beber whisky é preciso mais dinheiro do que para o bagaço. "De qualquer forma também não tenho sorte nenhuma com os elans xaroposos. Nada me garante que enfrascando-me com whisky começasse a ganhar dinheiro. Mais vale manter-me assim. O melhor falhanço é o que se conhece".