17.6.17

Amor, calor

As estratégias para lidar com o calor são semelhantes às que se devem usar se de repente o amor - o. Artigo definido singular que podia ser grafado em caixa alta - se de repente o amor. O amor.

Isto está confuso. Deve deixar-se o calor escorregar por nós. Devemos unir-nos ao calor com a entrega de quem sabe que lutar contra ele só piora as coisas. Deve beber-se cerveja gelada, vinho branco bom, chá de gengibre forte e frio, sentados numa esplanada a olhar para o mar - que no fundo é a vida - sem se fazer muitas perguntas nem às bebidas, nem à vista nem muito menos à vida.

O calor e o amor são ambos em igual medida uma promessa, chegam quando têm de chegar e devem ser acolhidos com alegria, dignidade e gratidão.

É na pele que o calor e o amor se sentem. É por ela que entram em nós, para ficar.