12.7.17

Debates, Pavlov

A Internet é uma maravilha, estarei sempre na primeira fila dos que o afirmam. Mas tem um inconveniente muito grande: torna audíveis as vozes que antes só ouvíamos se quiséssemos e dá-lhes um espaço e um peso políticos que não tinham.

O recente "debate" (entre aspas porque se isto são debates eu sou a mulher do Papa) sobre o "racismo" (cito) das declarações de Macron sobre a natalidade em África é aflitivo. As massas de cães começam a ladrar antes mesmo de perceber a que ladram.

O debate politico é uma troca de reflexos pavlovianos entre clubes semelhantes aos de futebol. Sempre foi, verdade. Mas pelo menos estava confinado aos cafés e às tabernas, não nos saltava à cara cada vez que se vai ao Facebook.