8.12.17

Amor e comboios

Dizer que não te amo é mentira e que te amo um exagero. Imagina que és a agulheira da linha de comboios: ele vai para onde tu o apontares.

E eu nele.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.