6.3.18

Variações e fuga

A hipnótica luz do fim do inverno ilumina estes dias chuvosos.

...........
Chove mas ela não se molha, protegida pela hipnótica luz da Primavera que aí vem.

........
Hipnóticos dias se anunciam: até a luz é silenciosa.

........
A avassaladora hipnose do fim da escuridão, tão próxima.

........
Não é o teu corpo que me hipnotiza, é a luz que dele irradia.

........
Uma infinita capacidade de se deixar hipnotizar pela vida, pelo amor, pelo abismo; porém consciente: saltava de uns para outros como um hipnotizado consciente do seu estado.

.......
(Tudo tem um fim menos o amor, a morte e o abismo.)