23.5.18

Infelizmente

Acabo de ter uma conversa interessante com uma jovem senhora a propósito de mamas.

Começo por dizer que as dela passam o teste do lápis sem qualquer compromisso.

"Infelizmente isso não chega" explico-lhe. "Gosto delas direitas ou caídas, fúseas ou abolachadas, com lápis, máquina de escrever ou a apontar para a Lua."

O mais importante não está nas mamas. Infelizmente.