9.9.18

Estrangeiro e tempo

Não é ao Estrangeiro que me refiro: não sou estrangeiro à vida. É a ser estrangeiro, muito prosaicamente, na minha própria cidade.

Estrangeiro sem mochila mas com memórias? Ser estrangeiro tem mais a ver com o futuro do que com o passado.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.