31.12.03

O Verbo e a Verba

Ao princípio era o Verbo, e o Verbo era Deus. Depois veio a Verba e ficou tudo estragado. Com o Verbo pagava-se o whisky e atraíam-se as pequenas (naquele tempo o mundo era um vasto paraíso tropical, onde as mulheres eram brasileiras e o whisky escocês). Mas Deus, ou alguém no lugar Dele, inventou a Verba, e o whisky deixou de cair do céu, e para elas começou a ser preciso Verba e ainda mais Verbo.

(Como todos os seres do sexo feminino, de qualquer espécie, a Verba em breve tomou o controle de tudo – lembram-se da história do padeiro que se casou com a Maria Albertina? Poucos tempo depois do casamento, ela começou a ser conhecida como “a mulher do padeiro”; mais alguns meses e era “a padeira”; não tardou muito, e o padeiro ficou “o marido da padeira” - para sempre...)

E agora a Verba é Deus, e o Verbo completamente inútil.