22.4.04

Quando tudo arde

A resposta à pergunta com que termina um muito citado e particularmente belo soneto de Sá de Miranda "...Que farei quando tudo arde?" é: Ide ver o "Conto de Outono", de Rohmer.