24.9.04

O amor e o afecto

No post anterior digo que se faz, muita gente faz, frequentemente confusão entre o amor e o afecto. É verdade que é mais fácil dizer "amo-te" do que "afecto-te" - e se bem que por vezes essa admirável simetria exista realmente, muitas outras vezes "Amo-te" significa realmente "afecto-te?". E a resposta é, ou pode ser: "Não"...

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.