19.2.05

Repetições

Dizer (ou pensar) que os portugueses hoje não podem ouvir "a verdade" é o equivalente actual da convicção de há 30 anos segundo a qual Portugal "não está preparado para a democracia".

Estava, está - e pode ouvir que ou o futuro próximo não vai ser fácil, ou o futuro longínquo será ainda pior.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.