31.5.09

Solidões

Há no amor dois momentos de solidão profunda, dois momentos em que estamos irremediavelmente sós: na decisão de começar uma relação e nos orgasmos. Destes últimos não é muito interessante falar. Do começo de uma relação é impossível: ninguém nos compreenderia, de qualquer forma.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.