20.1.11

Idade, e corpos Danone

I. não é tão vulgar como a outra, mas não anda longe; e é infinitamente mais bonita. Hoje tem umas calças que lhe deixam metade das nadegas à vista. A primeira vez que falei com ela explicou-me longamente um problema que tinha com as sobrancelhas; a segunda, falou-me dos dentes e dos cabelos. Confesso que nada percebi nem de um, nem dos outros. Há pouco disse-me que gostava de homens mais velhos, e gordos. Felizmente sou magro e jovem.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.