9.4.11

Mudar Portugal

Outra das razões pelas quais não acredito que Portugal venha a mudar é que essa mudança teria de ser radical, fundamental. Ora os portugueses não gostam de rupturas; preferem a continuidade. Mesmo em coisas simples preferimos perseverar no erro a corrigi-lo - veja-se, não é preciso ir mais longe, a maneira como as nossas leis são emendadas, remendadas, cerzidas, cosidas, em vez de ser refeitas do zero (e continuam a merda que eram antes do remendo).

Tem sido sempre assim, ao longo da história; e quando ousamos uma ruptura as coisas não melhoram, o que ainda torna mais patética qualquer veleidade de mudança - o fim da Monarquia, por exemplo.

Mais vale continuar como sempre fomos: uns aos tachos cá dentro, outros ao trabalho lá fora; e outros ainda, coitados, que nem aqueles nem este. Honra lhes seja feita: são quem aguenta o país.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.