12.10.12

Planos, e um conselho

É tarde. Estou cheio de planos: ir deitar-me; encontrar um embarque; emagrecer; aprender a escrever coisas de jeito; aprender a tirar fotografias de jeito; correr os cem metros barreiras em menos de uma hora; e assim por diante. Tudo praticamente irrealizável, excepto talvez o primeiro e o segundo.

É preciso ter planos na vida - you have to have a plan, if you want to be able not to follow it -; mas não devem ser tão complicados.

Acabo por pedir mais um Túnel, no Antiquari. É preciso saber não respeitar os planos. Uma vez neste blog descrevi a minha vida (ou terá sido outra?) como uma casa da qual o arquitecto tivesse feito os planos depois de construída.

(Aconselho a versão Secas, no máximo Mezcladas. Dulces fica muito aquém da verdade.)